Resenha – O Pecado de Dmitry

A trama gira em torno da vida de Dmitry, um ex-presidiário que foi acusado e julgado por assassinar sua amada namorada. Ao sair do presídio, tenta de todas as formas reconstruir sua vida, mas logo encontra com Beatrice, que a revira de ponta cabeça.

A moça, anos mais nova, logo se apaixona por Dmitry mas não é correspondida. Ele, desde a tragédia que ocorreu com o amor da sua vida, fechou-se para vida amorosa e relacionamentos, pretende apenas se focar no trabalho, o que também não dá certo, já que acaba indo trabalhar na empresa dela.

Por ironia do destino, Beatrice acaba tornando-se melhor amiga da irmã de Dmitry, fato esse que os faz se encontrarem diversas vezes. Num desses encontros, Dmitry a ajuda a afastar-se de seu noivo psicopata e doentio, e aí começa uma história de amor pouco vista e arrebatadora.

Ela foi criada pelo pai, pela tia e pelo avô já falecido, nunca teve contato com a mãe, sequer sabe seu nome ou tem uma fotografia. Muda-se para o Brasil em busca de respostas, para procurar mais sobre sua mãe e sobre seu passado desconhecido. Tempos depois, acaba descobrindo que ela foi assassinada e o culpado pelo crime vive ao lado dela.

A autora consegue te prender do início ao fim do conto, com uma narrativa bem madura e cheia de mistérios. Eu que não sou muito fã de histórias nesse gênero, me apaixonei no primeiro capítulo. Créditos para a senhorita Deborah Valenti que fez seu trabalho com méritos.

A história já está completa e disponível no Wattpad e pra quem é fã de mistérios, já pode correr para perder o fôlego.