Pai, afasta de mim o Macho Alfa!

Então, estive pensando: porque nós nos esforçamos para entrar na faculdade, gastamos tudo o que temos com cursos especializantes, investimos na nossa carreira, procuramos maneiras de gastar menos e poupar mais se é para se juntar com um sujeito que vai ditar todas as regras e escolher todos os caminhos?

Por que exatamente o que ando lendo por aí. Te dão o ideal de homem perfeito, masculino, forte, todo gostoso e que vai sempre saber qual é o melhor, para que lado seguir, onde te levar. Quer dizer… Fulana é ótima profissional, carreirista e tudo o mais, mas encontra O Sujeito. O Alfa. E a partir daí tudo na vida dela muda, inverte, retorce. Ele Apareceu. A vida de bosta que ela levava (com a carreira dos sonhos, né, que engraçado, bela vida de bosta) vira uma vida maravilhosa cheia de sexo (e o cara logo na primeira vez que transa com a mocinha sabe tudo o que ela quer, como quer e a faz gozar livros várias vezes).

Eu não sou contra padrões elevados de homens. Eu mesma idealizo um. Só que vamos combinar que na vida real não tem CEO em toda esquina? Vamos combinar que tem sujeito com problemas com a mãe e as mulheres da família em toda esquina e que nós não somos psicólogas nem antidepressivos para curá-los?

O que é certo é certo. Na vida real a gente não vive romance atrás de romance. Tem os boletos. Tem demissão, tem prazo apertado, tem hora-extra não remunerada. Tem esticada do trabalho para o motel e tem sexo com calcinha velha. E nessa vida normal, onde exatamente encaixa um Macho Alfa? O Muso Pintudo Maravilhoso mandão fica… ? Não fica. Porque se fica, ele atrapalha. Um Muso Pintudo vai querer que você saia mais cedo do trabalho, vai querer que você aceite que ele é O Muso Pintudo e o Muso não tem defeitos. Muso não tem dias ruins, só tem o estresse do trabalho que ele nunca desabafa com você mas que pode ser facilmente curado com cinco minutos de bola-gato.

O que a gente gosta de um Muso Pintudo é como o sexo é sempre maravilhoso. A gente não quer um sujeito mandão. A gente não quer que ele resolva todos os nossos problemas. A gente reza para Deus para termos, nós mesmas, alguma força para resolvê-los. Ou a gente ou é criada para se virar ou aprende na marra. E o Muso Pintudo não vai chegar no seu chefe abusivo que paga pouco e mandar que ele te trate como você merece. Ele não tem voz fora do quarto, mas ele quer ter. Quer mandar em você, o tal do macho alfa. Quer fazer de você a mulher super sexy e bem comida que não se importa com mais nada além do pinto dele.

Quer dizer, como colocar filhos no mundo com um mandão de bosta que vai querer você satisfazendo as vontades e o ego dele? Eu acho perigoso. É assim que a praga se espalha. Não é mais fácil pegar um cara amigo, querido, compreensivo, engraçado, bonito porque né, e procurar com ele um sexo maravilhoso? Sei lá, parece mais fácil ensinar um cara transar do jeito que a gente gosta do que ensinar um Muso Pintudo a entender que nem sempre ele tá certo.

Amor é um laço que une dois lados. E se ele acha que é bom demais para estar errado, bom, a força do amor não cura babacas.

Há todo um sistema estrutural por trás que obriga que o homem saiba o que é melhor. Há toda uma cultura que obriga que nós procuremos o sujeito das respostas. A gente não é ensinada a procurar, por nós, o que está certo. Ou que sejamos nós as pessoas a estarmos certas. Só que em pleno século 21 em que quase ninguém ganha o suficiente para sustentar uma família com luxo, o sujeito que manda não tem mais lugar. E quando alguém escreve sobre o quanto o Macho Alfa é perfeito estão jogando na sua cara que você não se basta sozinha. E que é o homem o que vai proporcionar vida feliz, problemas resolvidos e sucesso.

Você pode ler para se entreter, aqui não fala a polícia dos livros.

É só um livro. Leia o que quiser, mas pensa bem se você vai sonhar de noite com aquele cara do livro, tá? Ele é feito para ser gostoso, mas ele não cabe na vida real.

Não é mais fácil sonhar com um amor possível? Se o amor que dorme e levanta com você não se parece em nada com um Macho Alfa, melhor. Porque ele tem o direito de errar, de não saber a resposta e de não ler seus pensamentos. O Macho Alfa te quer gemendo, não falando. E nem sempre a gente quer só gemer, né?

  • Ana Beatriz Oliveira

    É fato que nos livros de hoje, os personagens são descritos de maneira idealizada(nesse caso criado para suprir as necessidades de uma sociedade machista) e é incrível como nós, leitores, temos a ânsia de encontrar pessoas do mesmo jeito que é descrito. E como é mostrado no nesse texto, eles não são reais. É isso é ótimo. O Macho Alfa é criado para estar a cima de nós mulheres e as mulheres para serem submissas.
    O que acho engraçado é que para ser feliz, muitas pessoas(minha família em peso incluída nessa parcela) acredita que é preciso se ter um parceiro do lado. Se nos arrumamos mais em um dia, é por causa de algum homem, e não entendem que a razão na verdade é apenas que acordamos nos sentindo mais bonitas. Mas enfim, a esperança é que os conceitos mudem e se adequem…Que as pessoas amadureçam

    • Camila Braga Marciano

      Meu Deus, sim!! Parece que a gente é acessório de homem e, de a gente não tem um, não tem utilidade.

      Meu, isso é tão verdade que dói. E o povo em volta nem percebe que tá falando merda de tão acostumado que tá, né?

      As coisas estão mudando. Quanto mais a gente recusa essa realidade e livros assim, mais a gente não reforça essa história e mais pessoas tem a chance de ver que isso não tá certo.

      A vida das nossas filhas *Se tivermos* serão bem mais fáceis que as nossas, nesse sentido.

      • Ana Beatriz Oliveira

        Gostei do *se tivermos*

        • Camila Braga Marciano

          Não somoa obrigadas, né. Deus nos dibre dos filhos que não querermos!

          • Ana Beatriz Oliveira

            Aqui em casa sou a herege simplesmente por não concordar com uma base familiar patriarcal cheia de filhos. Li todos os seus livros e o que mais me encanta é justamente esse detalhe que chega pra mim a ser uma marca principal: esse amor em que um entende que o outro não precisa se dobrar pra que dê certo…”cavalo não cabe dentro de uma lata de sardinha”(é mais ou menos isso rsrs)…