Arquivos de Categoria: Livros

Me Dê uma História de Amor

Nem vou advertir, cada post que eu faço parece um chororô, de todo jeito. Estou lendo, por indicação da Julianna Costa (Essa mesmo que tu tá pensando) pela única vez que nos conversamos, o “A Arte de Pedir” da Amanda Palmer. Ela entra nessa onda de que a gente, artista, não faz nada sozinho, não se […]

No dia mulheres e eu aproveitei o melhor que pude!

Uns anos atrás, quem me lê há um tempinho já viu essa Camila: Uns anos atrás eu era dessas de bradar que “dia das mulheres não se ganha flor”. De fato, não se ganha. Não é dia para comemorar o fato de ser mulher. É dia de lembrar que nem todo mundo tem os mesmos […]

Sobre virar a página e Continuar Caminhando

Quando eu comecei a escrever para o Wattpad foi só para testar. A audácia de uma menina em querer ser grande. Todas as leituras, os amigos, os encontros, isso foi consequência. Todas as vezes que eu quis escrever mais e todas as Dependências que eu peguei na facul, isso foi consequência. Sou ligada em duas […]

Para quem você escreve?

Me vali do livro “O que é Literatura?” do Sartre, para escrever isso. Espero que ele não se revire muito no túmulo. Eu venho querendo fazer isso tem um tempo. Ultrapassar a barreira do livro e atingir o peito. Tiro à queima roupa, daquele jeito mesmo que os naturalistas faziam. De colocar o dedo e […]

Resenha – Black (Raquel Moreira)

Black, fugir não vai adiantar – Raquel Moreira A nova Sarah é uma boa pessoa. Ela não se mete em confusões, trabalha duro e se esforça para ser simpática. Sarah acredita que seu passado está enterrado, mas quando tenta conseguir o trabalho de seus sonhos, sua nova vida de boa moça é ameaçada pelo bad […]

Resenha – O Pecado de Dmitry

A trama gira em torno da vida de Dmitry, um ex-presidiário que foi acusado e julgado por assassinar sua amada namorada. Ao sair do presídio, tenta de todas as formas reconstruir sua vida, mas logo encontra com Beatrice, que a revira de ponta cabeça. A moça, anos mais nova, logo se apaixona por Dmitry mas […]

O Dia em que eu Quase Matei o Lipe

Quando fiz o Bônus de comemoração de 1M para O Próximo Homem, a última coisa que pensei foi em criar um Livro para o Lipe. Não estava nos planos. Era para o Dio começar uma história e terminá-la, simples assim. O Lipe bater aqui na porta e falar “Então, sem vergonha, vamo lá né” Foi […]

Meus primeiros contatos com o Marquês de Sade

Todo mundo tem curiosidade. É falar da história dele e a gente fica com a pulguinha atrás da orelha. Coçando. Há, eu sei, quase um sacrilégio, quem nunca tenha ouvido falar dele. Mas “Marquês de Sade” é uma das coisas no complexo movimento da terra (que eu nunca vou entender) que provoca curiosidade fulminante. Um […]

Bukowski era um Henry Miller com mais pau

E comia mulheres melhores. Se bem posso me lembrar, se bem pode a memória tomar conta desse detalhe, digo, Bukowski tinha um pau de 19cm e o Miller, só 15. Eis a prova cabal de que tamanho não é documento. Pelo menos, para as francesas. Ambos se contentavam em chamar suas mulheres por “bocetas”, ou […]

[Resenha] Um Cântico para Leibowitz

Outra coisa que me prometi, foi de escrever mais aqui, querido senhor Leitor Zero. Comprei o Cântico na feira do livro da USP e como me prometi desencalhar leituras, esse foi o escolhido da vez. Se a gente seguisse com a ideia da Úrsula K. Le Guin, sobre o que é a Sci-fi, eu ficaria […]

[Resenha] Uma mulher no Sci-fi???

Vencedor do Hugo Awards de 1970, competindo contra o SlaughterHouse-five de Curt Vonnegut, (Matadouro 5), em português. “A Mão esquerda da escuridão” de Ursula K. Le Guin figura entre os meus melhores deste ano! Li, em resenhas do Skoob que uma pessoa “sem querer ser machista, este livro só poderia ser escrito por uma mulher”. […]

Amazon: Leia enquanto Enviamos

Das felicidades de se comprar um livro na livraria e não na internet, com certeza está na sede. Com vontade, a gente, antes mesmo de chegar em casa, já pode sentar em algum lugar e começar. Sem ter que esperar chegar, sem ficar em casa (ou mandar a mãe ficar) par receber o pacote. É […]

Fast Food Versus Slow Food

Leitor Nulo, não troquei a frase de bem-vindo que vem no cabeçalho do blog, isso aqui ainda é sobre livros. Só que… Como, no Fast-food que é a internet, posso tratar da Slow Food, que são os Livros? É uma pergunta que eu faço e não consigo me responder. Manter periodicidade é uma premissa de […]

Astronauta – Magnetar

Fui na Bienal do Livro esperando descontaço e.. Fuéééén. Digo, estava como a BlackFrieday, né. Tudo pela metade do dobro, mais dez por cento de desconto *que você não pode perder*. No stand da Companhia das Letras o que me chamou atenção foi a Zahar (que estava mesmo cinquenta por cento mais barato, eu penso – […]

“Under Pressure” Ou – Sob a Redoma

Das graças de ler no ereader, eu penso, sejam duas: Não carregar tarugos imensos em mochilas e ler no escuro completo. Lembro de mim, aos dez anos, com uma lanterninha debaixo do cobertor, lendo as páginas de Harry Potter. Não posso me lembrar exatamente de qual deles, mas era o dois ou três. O um, […]