O Corpo manda parar e a Cabeça: “Continua”!

Semana passada eu adoeci. Depois de faculdade de manhã E de noite, de cobranças minhas comigo, de coisas que eu quero fazer e não consigo, de trabalho remunerado e não-remunerado, o corpo me obrigou a parar. E eu sabia que era emocional, mais do que físico. Foi gripe, só isso, mas houve espinha em demasia, queda de cabelo, dor nas costas… houveram sinais que diziam: Cams, acalma teus bois, vai?

O corpo me obrigou a parar e eu percebi a quantidade de coisa que eu estava deixando de fazer, por mim, por não ter tempo. Lia um livro por gosto e não conseguia avançar porque tinha obrigações que eu ficava pensando e não conseguia parar por mim. E não sou só eu, estou me usando de exemplo, mas é todo mundo, o tempo todo, assim. Não faz o que quer e troca pelo que tem que fazer. Deixa de ir a tal e tal lugar porque tem que fazer isso. Não pode gostar, não pode demonstrar, não pode. E você nesse impasse de querer, mas saber que tem coisas mais importantes. Faz teus gostos pensando nos teus deveres. E vai nessa vida, se arrastando até que o corpo e sua saúde mental te obrigam a não fazer nada.

Amanhã é o Enem e eu já passei por isso, sei como é. Tem gente chorando escondido no quarto, tem gente doido de medo, ouvindo ameaça de pai e mãe, com medo do futuro. É, é uma situação difícil, mesmo. Não tem como enganar falando que é fácil, porque não é. É prova de resistência, seu cu na cadeira, você e Deus e seu arsenal de Bic para o caso do Vai-Que. E toda a pressão que colocam em cima de você não é páreo para a pressão que você se coloca.

Só que é só uma prova. Quantas provas você já não fez, pô? Quantas vezes já não te testaram? Quantas vezes você já não entrou numa sala de aula e fez uma prova? É um método de bosta? É. É um medidor tapado que iguala pessoas que não tem nada de iguais? É. Mas nem você, nem eu, somos novos a isso. Crescemos nesse sistema e já estamos acostumados.

 

2

O que não dá, isso eu aprendo enquanto eu falo, é essa cobrança desmedida que a gente se coloca em busca de resultados surreais. Somos de carne-e-osso, somos de cérebro que precisa de agrados, precisa descansar, precisa se animar, precisa de amigos. Somos seres alimentados de coisa boa, nossa energia se renova quando fazemos o que queremos e, renovados, fazemos o que devemos. E não o contrário. As coisas vivem para nos servir, não o contrário. A gente não pode sonhar só em ser um engenheiro, ou um médico, ou ter uma faculdade. Porque vai ter vida depois disso e profissões não definem dinheiro, nem caráter.

Tá cheio de médico bosta por aí, tá cheio de profissional que só pensou na grana na hora de fazer a faculdade. Tá cheio de gente que tem talento para vender arte na praia, mas acha que isso é piada. Tá cheio de gente que não tem o menor tato com humanos. E essa pessoa não é melhor que você porque fatura dinheiro.

Porque no fim, Enem é isso. Seus sonhos não estão nessa prova, seu futuro não está nessa prova. Conheço babaca com doutorado e gente fina sem educação básica. Olhe para seus avós, eles provavelmente não têm a educação que você tem. E não tem ninguém melhor que eles no mundo. Eles criaram seus pais, ajudaram seus pais a criarem você e ainda estão aí, de pom-pom, torcendo por você.

No fim, existe só um você, com suas falhas, seus pensamentos, suas histórias, seu corpo abandonado no espaço. No fim, é só você. Cuida dessa pessoinha, porque que nem ela, não tem. Cuida bem, da sua saúde mental inclusive. E reavalie, com honestidade, se você estudou para esta prova o quanto se cobrou para estudar. Se você refez seus exercícios, se você fez tudo o que queria ter feito, ao se inscrever nessa prova. Parte do nervoso é a gente achar que não fez o bastante. Eu vivo me cobrando por isso. Olho os planos, olho as metas e o que eu fiz de verdade. Daí cabelo começa a cair, espinha começa a nascer… Então, seja honesto consigo. Se você deu o seu melhor, então vá tomar um banho bem demorado, vá ligar para aquele amigo engraçado. Ouça a voz das pessoas que te acalmam e coloque um filme agradável. Vá se curtir um pouco, que a vida não é só feita de metas e prazos.

1

  • Kimberly Kelly

    Esse post eu tive que comentar.
    Nossa Cami! É tudo o que estou sentindo no momento. Chorando e lendo o post.
    Obrigada pelas palavras.
    😍🌹😘