Aviso de Atraso do Lipe

É sempre assim. Você inventa moda, caça na internet como é que faz, manda fazer em centenas, e, quando acha que tudo está acertado, os problemas começam. A gente planeja, mas nem sempre dá.

É preciso dizer que o PagSeguro, por onde os boletos são gerados, por onde as pessoas pagam pelo cartão, só liberam o dinheiro para a minha conta depois de quinze dias que você pagou. Então, como a gente imprime sob demanda, é por isso que, desde o Dio, a impressão dos livros demora um pouco. Questão da PagSeguro liberar $.

Isso é uma coisa, mas, dessa vez, por questões de Bienal, mandei imprimir com o meu próprio dinheiro e, dez dias depois do fim da pré-venda, o livro já estava na minha casa. Vitória, não é?

Eis que eu recebo este email do principal brinde que vai para quem patrocinou nosso Lipinho:

Pois é. Então me basta sentar, chorar, ouvir o choro de vocês e esperar. As caixas que mandei fazer (desta vez, como muitos livros chegaram machucados, mandei fazer caixinhas mais resistentes) chegaram, estão prontas. O cartão posta, que mandei fazer também. A florzinha, típica do Lipinho, todinha aqui em casa.

Mas o marca-páginas magnético vai atrasar a entrega de tudo em duas semanas.

Ferreira que é Ferreira espera, é até maldade pedir este tempo a mais porque quem comprou em 28/Julho, já tá com a bunda quadrada de tanto que espera, mas, é preciso dizer *em minha defesa* que produção independente é assim. Sou eu quem cuida da diagramação, da capa, da revisão, da criação do livro, da embalagem, da entrega, dos mimos que vão junto, da relação com as diversas gráficas. Tudo é Camila e, não me entenda a mal, isso não sou eu reclamando, tá? Só estou dizendo que empreendimentos pequenininhos não têm o mesmo suporte que grandes lojas de varejo de livro. É nóis por nóis e o apoio de muito amigo e gente bacana no processo.

Como você, que tá com a bunda quadrada e trinta e cinco real mais pobre.

Obrigada pelo apoio, e, se você quer saber qual brinde vai atrasar, clica aqui e se dê um belo de um Spoiler.

Um beijo e, mais uma vez, desculpe!